News Noticias
recent

Adorando o Vedadeiro Corpo Santo



Adorado seja O Verdadeiro Corpo nascido de Maria Virgem. Hoje, nós precisamos muito de sabedoria para saber o que o Senhor quer de nós como Igreja.

"Em contrapartida, nutriste o teu povo com um alimento de anjos: de graça lhes enviaste, do céu, um pão já preparado, contendo em si todo sabor e satisfazendo a todos os gostos"(Sb 16; 20)

E com muita alegria que podemos ter no coração o Pão do céu. Mais como é possível realmente termos no altar o corpo de Nosso Senhor Jesus Cristo? Só entende com a alma o mistério do Santíssimo Sacramento, quem mergulha na fé Católica. Mas quem abandonou a fé Católica não vai conseguir entender o maior mistério do cristianismo. Para acreditar no Santíssimo Sacramento é preciso acreditar na Igreja.

Se perguntarmos para um pastor, ele vai nos dizer até de forma belíssima sobre Corpo de Cristo, dizendo até que é um pão espiritual. Mas só entende o Corpo de Cristo, quem entende a Igreja Católica. É preciso ter inteligência, mas não uma inteligência de intelecto, mas uma inteligência espiritual.

Quem macula a Igreja somos nós, pois ela é santa. Nós ferimos a Igreja com a nossa insensatez, com o nosso pecado. O coração chagado de Cristo é a Igreja. A Igreja é santa porque ela tem esse estigma na alma. A Igreja Católica tem uma ferida, e essa ferida é o coração chagado de Jesus, onde Ele derrama o seu sangue precioso.

A chaga do coração aberto de Jesus, sangra para lavar a alma dos seus filhos. Essa chaga cobre os pecados da Igreja. A Igreja tem uma chaga inigualável que a identifica como a Esposa do Cordeiro. O Pai ama a Igreja, como ama Jesus Cristo.

O Santíssimo sacramento é a rocha da Igreja, onde jorra sangue. Na Missa o sacerdote fere o pão, transubstancia o pão em corpo, e eis aí o grande milagre. Você pode até dizer em tentação dizendo: "Eu não creio". Mas a Igreja crer.

Creia, após a consagração não é mais pão, não é mais vinho, é verdadeiramente o Corpo e o Sangue de nosso Senhor Jesus Cristo. O sacerdote fere o pão e o vinho, que se torna corpo e o sangue de Jesus Cristo. E a Igreja crê anuncia, ama e adora. "Fez chover sobre eles maná para nutri-los e deu-lhes pão com fartura” (Sal 78; 24)

A Igreja Católica não para no Antigo Testamento. O Antigo Testamento é uma prefiguração de todo o novo testamento. A Igreja Católica tem a profunda sabedoria do Antigo Testamento. Não se lê o antigo testamento adulterado do novo. O Antigo Testamento é todo por causa do Nosso Senhor Jesus Cristo.

A Igreja Santa e Católica celebra o único, definitivo, eterno, sacrifício de Cristo. A missa não é repetição. Nós não vamos a Missa para repetir o sacrifício de Cristo, para teatrializar o Santo Sacrifício, por que ele é eterno.

O Pai ama a Igreja com a mesma potência. Infelizmente muitos Católicos acham que se perde o sacrifício realizado há 2008 mil anos atrás. Mas não, é o mesmo sacrifício realizado há 2000 mil anos atrás, para salvar o mundo a cada dia, não é repetição.

Não há sacrifício sem vítima. A Igreja tem essa ferida dentro dela, que sangra e gera vida. Jesus penetra a Igreja com o seu sacrifício, fere, santifica. O Papa João Paulo II disse: "A Igreja vive continuamente do sacrifício redentor, e tem acesso a Ele não só por um sacrifício de fé, mas também com um contato de fé".

Adoramos o Senhor no Santíssimo Sacramento, porque Ele é a pedra angular. Ele é o a única salvação para toda a humanidade. A Igreja é Santa, não pelos nossos méritos, ela manifesta a sua santidade quando fazemos o bem. Sejam fieis a fé da Igreja que nada sente mundo o abalem por motivo anti-cristã, deixa o Pão do Céu, entrar na sua vida. Comungar Jesus na Missa é a certeza em que estamos no caminho da Salvação.

Um Feliz 2009!!!
Jesus está vivo no meio de nós.

Fundador Gleydson do Blog Verbo Pai
Verbo Pai

Verbo Pai

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.