News Noticias
recent

Maria, Rainha dos Céus



O Papa pio XII, em encíclica dirigida aos membros do episcopado a respeito da Realeza de Maria, recorda que o povo cristão sempre se dirigiu à Rainha do céu nas circunstâncias felizes e sobretudo nos períodos graves da história da Igreja.

Antes de anunciar a sua decisão de instituir a festa litúrgica da “Santa Virgem Maria Rainha”, assinalou o Papa: “Não queremos propor com isso ao povo cristão uma nova verdade e acreditar, porque o próprio título e os argumentos que justificam a dignidade real de Maria já foram abundantemente formulados em todos os tempos e encontram nos documentos antigos da Igreja e nos livros litúrgicos. Tencionamos apenas chamá-lo com esta encíclica a renovar os louvores à nossa Mãe do céu, para reanimar em todos os espíritos uma devoção mais ardente e contribuir assim para o seu bem espiritual”

Pio XII cita em seguida as palavras dos doutores e santos que desde a origem do Novo testamento até os nossos dias salientaram o caráter soberano, real, da Mãe de Deus, co-redentora: Santo Efrem, São Gregório de Naziano, Orígenes, Epifânio, Bispo de Constantinopla, São Germano, São João Damasceno, até Santo Afonso Maria de Ligório.
Acentua o Santo Padre que o povo cristão através das idades, tanto no oriente quanto no ocidente, nas mais diversas liturgias, cantou os louvores de Maria, Rainha dos Céus.

“A iconografia, disse o Papa, para traduzir a dignidade real da bem-aventurada Virgem Maria, enriqueceu-se em todas as épocas com obras de arte do maior valor. Ela chegou mesmo a representar o divino Redentor cingindo a fronte de sua Mãe com uma coroa refulgente”.

Na última parte do documento o Papa declara que tendo adquirido, após longas e maduras reflexões, a convicção de que decorrerão para a Igreja grandes vantagens dessa verdade solidamente demonstrada”, decreta e institui a festa de Maria Rainha, e ordena que nesse dia se renove a consagração do gênero humano do Coração Imaculado na Bem-Aventurada Virgem Maria “porque nessa consagração repousa uma viva esperança de ver surgir uma era de felicidade que a paz cristã e o triunfo da religião alegrarão”.

Oremos Juntos.:

"Ó Virgem Imaculada, Mãe de Deus e Mãe dos homens! Com todo o fervor de
nossa fé cremos em vossa Assunção triunfal em corpo e alma ao céu onde sois
aclamada Rainha de todos os coros angélicos e de toda a assembléia dos santos! A
eles nos unimos para louvar e bendizer o Senhor que vos exaltou acima de todas as
simples criaturas, e para oferecer-vos o fervor de nossa devoção e de nosso amor.
Estremece vosso coração de beatificante ternura, e vossa alma de alegria,
ao contemplar face a face a adorável Trindade!
Nós, pobres pecadores, a quem o peso do corpo impede o vôo da alma,
suplicamo-vos purifiqueis nossos sentidos para que aprendamos, desde este
mundo, a saborear Deus, só Deus, no encanto das criaturas.
Nós que vos invocamos como nossa Mãe, vos tomamos, como João, por guia,
força e consolação de nossa vida mortal".
( Pio XII, Orações, p. 57 )


Deus ti abençoe!!!
Fundador Gleydson do Blog Verbo Pai
Verbo Pai

Verbo Pai

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.