News Noticias
recent

Como legalizar a Morte se Queremos Vida?



"Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é suprimi-la". (Papa S. Felix)
De fato, quando nos perguntam se concordamos ou não com a despenalização do aborto a pedido da mulher, quando feito até às 10(dez) semanas de gravidez, em estabelecimento legalmente autorizado para o efeito, estão a perguntar-nos se concordamos ou não que o aborto seja liberalizado durante um determinado período de tempo. Deste modo respondemos que a vida humana inicia-se no exato momento em que um espermatozóide fecunda o óvulo. A ciência comprova que a partir da fecundação todos os caracteres(DNA) da pessoa estão ali definidos (a cor dos olhos, o tipo de cabelo, a cor da pele, etc...). O que vai acontecer a partir desse momento é o desenvolvimento do ser humano, no útero materno.

Dito de outro modo estão a perguntar-nos se a mulher pode ou não recorrer ao Sistema Nacional de Saúde para pôr termo a uma gravidez sem apresentar qualquer razão justificativa para o efeito. Ora, a partir do momento em que não tenha de apresentar um motivo, a decisão de abortar pode basear-se em qualquer fundamento. Desde um estado de desespero e angústia até à mais chocante leviandade, ao motivo mais fútil.

Choca, de fato, pensar que uma mulher pode vir a abortar porque a gravidez não desejada atrapalha as férias. São alguns dos argumentos que realmente deixa nos Cristãos Católicos de boca aberta ao ouvir tal falta de senso em querer tira uma vida. Tem tragédias que fere profundamente a sociedade como o estupro que e a violação sexual de uma mulher sem seu consentimento. O que acontecer com este indivíduo que praticou o ato? E simples ele vai preso ou não cumpri alguns anos de prisão e é souto em contra partida a mulher acaba traumatizada ou tem uma gravidez não desejada e a criança tem uma única sentença a MORTE.

São valores completamente assimétricos, não posso deixar de chamar à atenção para o fato de que se tem lido e informado pela mídia, mostrar o quão chocante são. O único problema é que não percebem que, ao votar sim, estão a legitimar essas situações. Porque, ainda que não sejam as mais freqüentes, elas são, pelos motivos expostos, plausíveis.

Deus abençoe a Vida!!!
Fundador Gleydson do Blog Verbo Pai
Verbo Pai

Verbo Pai

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.