News Noticias
recent

O Bom Pastor



“As minhas ovelhas escutam a minha voz, eu as conheço e elas me seguem. Eu dou-lhes a vida eterna e elas jamais se perderão. E ninguém vai arrancá-las de minha mão. Meu Pai, que me deu estas ovelhas, é maior que todos, e ninguém pode arrebatá-las da mão do Pai. Eu e o Pai somos um”. (Jo 10,27-30)

É de modo especial na Eucaristia que se torna sacramentalmente presente à obra do Bom Pastor, o qual, depois de ter anunciado a «boa nova» do Reino, ofereceu em sacrifício à própria vida pelas ovelhas. A Eucaristia é, de fato, o sacramento da morte e ressurreição do Senhor, do Seu supremo ato redentor. É o sacramento em que o Bom Pastor torna constantemente presente o Seu amor oblativo por todos os homens.

Como ovelha que somos temos que ouvir o pastor que é o Cristo e responde-lo sempre assim: «Eu Vos amo, Senhor, e a única graça que Vos peço é a de Vos amar eternamente. Meu Deus, se a minha língua não pode repetir, a todo o momento, que Vos amo, quero que o meu coração o repita tantas vezes quantas eu respiro» (S. João Maria Vianney).

«Devemos lembrar-nos de Deus, com mais frequência do que respiramos» (S. Gregório de Nazianzo). E saber que o bom Pastor sempre da a vida pelos seus. O pastor, aquele que vigilante guarda o rebanho e o conduz às pastagens férteis, tornou-se a imagem do homem que guia e está à frente de uma comunidade ou até uma nação, sempre solícito por aquilo que lhe diz respeito.

Ó meu Deus, que sois meu pastor que eu adoro... Temos que ser como uma ovelha que se sente protegida perto do seu pastor. Por isso posso afirma como Beata Isabel da Trindade. «Pacificai a minha alma; fazei dela o vosso céu, vossa morada querida e o lugar do vosso repouso. Que eu não vos deixe nunca só, mas que esteja lá, com todo o meu ser, toda vigilante na minha fé, toda em adoração, toda oferecida à vossa ação criadora».

E sentir o afago das mãos do Senhor em minha oração, e como diz o evangelista “ninguém pode arrebatá-las da mão do Pai”. E tão profundo este carinho do Pai com seus filhos que leva ao extremo do amor. “Eu quero ser um Pastor, quero experimentar, o amor que vem consolar, ai então pastor ovelha me transforma”. Esta letra da música do Dunga revela bem o coração do homem perto de Deus um pastor que se dar até a morte e morte de Cruz.

Volta para o Senhor e seja uma ovelha de ouvidos atentos. “As minhas ovelhas escutam a minha voz, eu as conheço e elas me seguem.”


Deus abençoe você!!!
Fundador Gleydson do Blog Verbo Pai
Verbo Pai

Verbo Pai

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.