News Noticias
recent

O Deus dos vivos

Na sua resposta aos saduceus que negavam a ressurreição e por isso desprezavam Deus e ridicularizavam a Lei, nosso Senhor e Mestre provou ao mesmo tempo a ressurreição e fez conhecer Deus. “E quanto à ressurreição dos mortos, não lestes o que Deus disse: Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaac e o Deus de Jacob?” E acrescenta: “Não dos mortos, mas dos vivos é que Ele é Deus!”. Assim, ele fez conhecer, de uma forma clara, que, quem falou a Moisés do seio da sarça e quem declarou ser o Deus dos pais, é o Deus dos vivos. Quem será então o Deus dos vivos senão o verdadeiro Deus, acima do qual não há outro? Foi ele que o profeta Daniel anunciou, quando respondeu a Ciro, rei dos persas...: ”Não venero um ídolo feito pela mão do homem, mas sim o Deus vivo, que criou o céu e a terra e que exerce o seu domínio sobre toda a carne”. E disse ainda: “Eu não adoro senão o Senhor meu Deus, porque é um Deus vivo” (Dan 14, 5.25).

O Deus que os profetas adoravam, o Deus vivo, é ele o Deus dos vivos, assim como o seu Verbo, que falou a Moisés na sarça e que também refutou os saduceus e concedeu a ressurreição. É ele quem, a partir da Lei, demonstrou a esses cegos estas duas coisas: a ressurreição e o verdadeiro Deus. Se ele não é o Deus dos mortos mas dos vivos, e se ele foi chamado de Deus dos pais, que adormeceram, sem dúvida alguma eles estão vivos para Deus e não morreram; “eles são filhos da ressurreição”. Ora, a ressurreição é nosso Senhor em pessoa, como ele próprio disse: “Eu sou a ressurreição e a vida” (Jo 11,25). E os pais são seus filhos porque ele disse pelo profeta: “Em lugar dos teus pais, virão os teus filhos” (Sl 44,17).

 Tratado contra as Heresias de Santo Irineu.

"Deus vos abençoe!!!"
Fundador Gleydson do Blog Verbo Pai
Verbo Pai

Verbo Pai

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.