News Noticias
recent

O Desafio Espiritual de Servir a Deus



Quando decidimos servir a Deus, não imaginamos que estamos assumindo uma batalha além de nossas forças, por isso, quanto antes percebermos isso, melhor será para nós.

O servo de Deus deve reconhecer que sem a ação do Espírito Santo e Sua total submissão à vontade do Senhor nada poderá acontecer de extraordinário. O servo que se gloria das graças e dos frutos não conseguirá ir muito longe, pois o Senhor não se alegra com o orgulhoso.

Além dessa total submissão a Deus, existe ainda a batalha contra o mal, as tentações e mentiras de satanás. Ele fará de tudo para corromper em nós o desejo de servir, irá tentar nos manchar pelo pecado e nos convencer de que somos nós que realizamos os milagres e graças, nos afastando, assim, da graça de Deus e nos tornando presas fáceis aos seus ardilosos planos.

Nada acontece por acaso. Somos, a todo tempo, tentados a desistir quando ouvimos palavras que nos machucam, mentiras do inimigo colocadas nos lábios de quem nos ama para nos ferir. Situações de queda, pensamentos impuros, visões tentadoras, verdadeiras batalhas esperam os que seguem o Senhor. Assim como fez com São Paulo, Deus não nos livrará das lutas, ao contrário, desejará ver nossa batalha. E como também disse a Paulo: “Basta-te a minha graça, porque é na fraqueza que se revela todo o meu poder” (2Cor 12, 9).

“Assim como fez com São Paulo, Deus não nos livrará das lutas, ao contrário, desejará ver nossa batalha” Alan Ribeiro

Talvez, diante das inúmeras lutas, você comece a pensar se realmente vale a pena continuar. Isso é tudo que o inimigo quer, sua desistência. O Senhor espera por você em cada luta, como um capitão que aguarda seu exército para enfrentar e travar a grande batalha. É n’Ele que está a força, por isso precisamos ver e compreender que, apesar de sermos pequenos e fracos, Ele nos escolheu e nos deu as armas necessárias para vencer o combate.

A nós cabe a humildade de reconhecer nossa total necessidade de Deus. Nossa fraqueza não é motivo para baixar a cabeça e desanimar, mas para dobrar os joelhos e clamar com coragem: “Eu preciso de Ti, Senhor!”.

Então, a força de Deus nos envolverá. Ganharemos confiança diante das muralhas, cairão diante de nós as mentiras e os inimigos de nossa salvação, seremos profetas, proclamaremos a libertação de muitos e assim serão grandes os frutos de Deus em nossa vida. Haverá júbilo em nosso coração e no coração http://www.blogger.com/img/blank.gifdaqueles inúmeros que o Senhor quer salvar por meio de nós. Então, poderemos dizer como São Paulo: “Quando me sinto fraco, então é que sou forte” (2Cor. 12, 10).

“Coragem não é ausência de medo, mas é acreditar que existe algo mais importante do que ele”

“Prefiro ser o mais desprezível dos vermes na Terra por vontade de Deus, do que um anjo no céu por minha própria vontade” (bem-aventurado Henrique Suso).

Autor: Alan Ribeiro
Ministério Bethânia
Fonte: site destrave

"Deus vos abençoe!!!"
Fundador Gleydson do Blog Verbo Pai
Verbo Pai

Verbo Pai

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.