News Noticias
recent

Deus se revela a nós através da Bíblia


Deus se revela a nós através da Bíblia. Um conceito chave para que os homens possam entender o texto sagrado como Palavra de Deus é a inspiração. Uma interpretação dos escritos sagrados que ignora ou esquece sua inspiração não tem em conta sua característica mais importante e valiosa; sua proveniência de Deus.Que a Sagrada Escritura se torne neste mundo secularizado não somente a alma da teologia, mas também a fonte da espiritualidade e do vigor da fé de todos os fiéis em Cristo. Que a Bíblia seja a fonte do vigor da fé dos cristãos. “Toda Escritura é inspirada por Deus e é útil para ensinar, para argumentar, para corrigir, para educar conforme, a justiça." ( 2Tm 3, 16)A Bíblia é hoje um dos livros que está traduzido em todas as línguas e está em quase todas as famílias. Serve de alimento espiritual para a Igreja e para as pessoas e ajuda o povo de Deus na sua caminhada em busca de construir um mundo melhor.

É uma Palavra eficaz que alimenta a mística da nossa ação evangelizadora e como diz o autor da Carta aos Hebreus é Palavra sempre viva: “ Pois a Palavra de Deus é viva , eficaz e mais penetrante que qualquer espada de dois gumes. Penetra até dividir alma e espírito, articulações e medulas. Julga os pensamentos e as intenções do coração.’ (Hb 4, 12)“O homem não vive só de pão, mas de tudo o que sai da boca do Senhor.” (Dt 8,3b e Mt 4,4) São Paulo afirma com clareza: “Porque a palavra de Deus é viva, eficaz mais penetrante do que uma espada de dois gumes, e atinge até à divisão da alma e do corpo (...) discerne os pensamentos e intenções do coração” (Hb 4,12).

A santa Palavra é viva e eficaz, quer dizer, tem em si poder. Foi por ela que Deus criou o céu e a terra e todos os seres visíveis e invisíveis. Quando o Senhor diz: “Faça-se! (Fiat)”, tudo acontece como Ele quer. É uma grande alegria celebrar a Palavra de Deus entre nós. Ouvindo-a religiosamente e proclamando-a, aderimos às palavras de São João, segundo nos ensinam os Padres Conciliares do Vaticano II: -"Anunciamo-vos a vida eterna que estava junto do Pai e se nos manifestou: o que vemos e ouvimos vô-lo anunciamos para que também tenhais comunhão conosco e nossa comunhão seja com o Pai e com seu Filho, Jesus Cristo" (Cf. 1Jo 1,2-3).

A Bíblia, não na sua materialidade, mas no seu conteúdo de revelação do mistério de Deus, consumada em Cristo, por Ele transmitido e promulgado e, por sua ordem, pregado pelos Apóstolos e seus sucessores é fonte de salvação. Neste mês em que, de modo especial, cultuamos a Palavra de Deus contida nas Sagradas Escrituras, louvemos, com o salmista a bondade de Deus: "Como amo, Senhor a tua lei. Tua palavra é lâmpada para meus pés e luz para o meu caminho". E procuremos caminhar na lei do Senhor: "Felizes os que andam conforme a lei de Javé. Sim, eu nunca me esqueço dos teus mandamentos". (Cf. Salmo 119 (118).

Textos extraídos das catequeses do Papa Bento XVI.


"Deus vos abençoe!!!"
Fundador Gleydson do Blog Verbo Pai
Verbo Pai

Verbo Pai

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.