News Noticias
recent

O PODER DO PERDÃO



A falta de Perdão leva o homem a um processo de formação de uma mágoa e demonstra como tal fato possui um efeito paralisante na própria vida, baseando na sua vida em um completo ressentimento. O fator que leva uma pessoa a vivenciar a falta de Perdão é a ausência de amor para com o próximo ou até mesmo uma situação desagradável que possa confrontar o desejo da outra.

A palavra de Deus nos orienta assim: "Ao Senhor, nosso Deus, as misericórdias e o perdão, porque nós nos rebelamos contra ele." (Daniel 9,9) Olha ai o segredo de Deus "as misericórdias e o perdão". Nós temos que aprender como Deus.
Quando Perdoamos reduz a agitação que leva a problemas físicos. Perdoar reduz o estresse que vem de pensar em algo doloroso, mas não pode ser mudado por nós. Ele também limita a ruminação que leva a sentimento de impotência que reduzem a capacidade de alguém cuidar de si mesmo. O perdão é uma cura... O perdão e dom de Deus.

A diminuição da ira e de mágoa vem de se vivenciar o perdão. "Atendei, Senhor, à nossa prece suplicante e, por vosso amor, salvai-nos. Fazei-nos encontrar perdão ante os olhos daqueles que nos deportaram, a fim de que o mundo saiba que vós sois o Senhor, nosso Deus."(Baruc 2,14-15a) O perdão é a experiência interior de se recuperar a paz e o bem-estar e voltar a amar o próximo.

Pode acontece de alguém perdoar um dia, e a raiva voltar depois, e isso é normal somos humanos estamos em processo de santificação. Dessa forma, o perdão é um processo que deve ser praticado. Se você permanece falando ou pensando com rancor de alguém, então o perdão ainda não aconteceu.

O Perdão é uma decisão para o amor. Volto a dizer: Perdão é Cura, e é Cura = Perdão. Lembro também do Papa João Paulo II, entrando na penitenciária para perdoar seu agressor, o qual tentou matá-lo com um tiro. Lembro-me de tantas pessoas que se libertaram do ódio, da mágoa, da revolta, e foram capazes de perdoar o seu agressor ou de quem amavam. Lembro-me da minha mãe, de muitos irmãos de comunidade e de mim, quando em tantas situações o amor prevaleceu.

"Então Pedro se aproximou dele e disse: Senhor, quanta vez devo perdoar a meu irmão, quando ele pecar contra mim? Até sete vezes? Respondeu Jesus: Não te digo até sete vezes, mas até setenta vezes sete."(Mt 18,21-22) Deus é a nossa garantia de que o amor vence o ódio. A última palavra de Deus é a sua misericórdia. "É a misericórdia que eu quero, e não o sacrifício." (Mt 9,13; 12,7)

Irmãos hoje convido a todos nós vivermos o perdão. Que o Senhor nos conceda esta graça e Nossa Senhora interceda por nós. O perdão é sempre possível! Assim seja!

"Deus vos abençoe!!!"
Fundador Gleydson do Blog Verbo Pai
Verbo Pai

Verbo Pai

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.