News Noticias
recent

Servir e Adorar



O próprio Jesus e seus discípulos foram convidados para uma festa de casamento, e para os judeus, casamento tem grande importância, pois é um sinal da própria aliança que Deus faz com seu povo, por isso, celebram-no com uma semana de festa.

Na Bíblia, as núpcias do Cordeiro simbolizam o casamento de Jesus com sua Igreja, então, vejam a força do sinal desse sacramento na Bíblia. E é neste contexto que a presença de Maria e Jesus faz a diferença. De acordo com os relatos do Evangelho de São João, Jesus e Maria deveriam ser próximos dos noivos, porque eles foram ao terceiro dia de festa. A pergunta que fica para nós é: “Se Maria estava nesta festa, como ela estava, o que ela estava fazendo”?

Como você vai a uma festa de casamento? Você vai celebrar, mas dificilmente põe a mão para organizá-lo, para que tudo na festa saia bem. Maria estava na festa? Não! Como Ela estava? Vá pensando com você sobre a presença de Nossa Senhora nessa festa. Cada detalhe do Evangelho de São João é uma riqueza, não há preocupação com o tempo. Neste Evangelho é narrado que Jesus vai a Jerusalém umas três vezes; a preocupação de São João é outra. É rico em simbologia e os detalhes falam.

"Jesus e seus discípulos também foram convidados para o casamento". Maria já estava lá. Ela se envolveu com os preparativos desses quatro dias de festa. Ela não foi como "madame" nem foi de qualquer jeito. Ao ver que faltava vinho, a Mãe de Jesus lhe diz: "Eles já não têm mais vinho". E Jesus responde: "Que tenho eu com isso? Mulher, minha hora ainda não chegou" (cf. João 2,3-4).

O vinho tem o significado da Nova Aliança quando Jesus o transforma em sangue. Nossa Senhora diz que falta vinho: vinho da graça para a festa da salvação, a qual corre perigo nos nossos dias. Vejam as nossas famílias como estão. Maria se antecipa para que não falte este vinho.

Como será que Maria se sentiu após Jesus lhe dizer que a hora d'Ele ainda não havia chegado? Quem obedece a Jesus encontra o "vinho melhor". Quantos casais por não convidarem Maria para seus casamentos – não experimentam o "vinho da alegria". Faltou convidar Jesus e Maria. Ela estava atenta para servir. Maria, atenta, servia e cuidava.

O convite de Deus, para nós, é o de retomarmos o serviço de Maria. Quem não se põe a servir nunca vai experienciar milagres. Precisamos servir como Maria e que nas nossas casas sempre existam pessoas para servir.

Quero dizer a você que está desanimado: "A situação em que você está tem jeito!". Se você se dispuser a servir como Maria, a graça virá e você por intermédio do serviço – o milagres de Deus acontecer. O seu olhar atento, como o de Nossa Senhora, pode trazer Deus onde Ele faltar. Procure Jesus na Eucaristia na adoração hoje e dia de viver esta servidão no amor.
Peça ao Senhor um olhar atento como o de Nossa Senhora para que você possa adorar e experimentar a alegria de servir.

Deus abençoe você!!!
Fundador Gleydson do Blog Verbo Pai
Verbo Pai

Verbo Pai

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.