News Noticias
recent

Ou Bênção ou Maldição


A bênção ou maldição é necessária entender que nunca e demais,as bençãos! Mas acaba com tudo e nada resiste à sua força impetuosa da maldição. Mas não interessa neste momento a diversidades de pequenas limitações do pecado. A estas são das as benções que é árdua missão de agradecer todo dia com alegria de ser filho do altíssimo.

Nós seres humano somos cheios de caprichos querendo controla a natureza, as tempestades até a vida dos animais. Quem nunca ouviu falar que o deserto virou rio e o mar virou deserto... O que não faz a inteligência doentia do ser humano? Até o dicionário muda. Querendo convencer que Deus não resolve as coisas.

Mas Deus com sua infinita misericórdia nos amou de tal modo que abençoou com a coisa que ele mais ama seu próprio filho. Quando falamos de maldição somos nos mesmos que nos a maldiçoa em primeiro lugar, porque não temos compaixão do próximo. “Mas o Senhor, teu Deus, que te ama, não quis ouvir Balaão e trocou para ti a sua maldição em bênção. Enquanto viveres, não lhes procurarás jamais prosperidade nem bem-estar.” (Deuteronônimo 23,5-6)

Olha só a promessa do Senhor para nós. Troca reinos e tudo até mesmo nossas maldições por benções. Na verdade Deus não tem culpa nenhuma. Ele, na sua bondade imensa criou o ser humano e lhe deu, como diz o Salmo 8, "poder sobre todas as coisas, colocou aos seus pés toda a natureza", dando-lhe somente uma ordem: que cuide da obra da criação com imenso amor porque é fonte de seu sustento e também dos outros.

Vede: proponho-vos hoje bênção ou maldição. Bênção, se obedecerdes aos mandamentos do Senhor, vosso Deus, que hoje vos prescrevo. Maldição, se não obedecerdes aos mandamentos do Senhor, vosso Deus, e vos apartardes do caminho que hoje vos mostro, para seguintes deuses estranhos que não conheceis. (Deuteronônimo 11,26-28) O Pai nos orienta a ter uma vida reta e simétrica sem mancha de pecado como nos fala carta de São Paulo: “Dou graças a Deus, a quem sirvo com pureza de consciência, tal como aprendi de meus pais, e me lembro de ti sem cessar nas minhas orações, de noite e de dia.” (II Timóteo 1,3)

É dizer sim as benções e não, nunca as maldições que falamos e repreender as que nos são faladas. “Devido à imundície de teu proceder, eu quis purificar-te; (...)”(Ezequiel 24,13) Assim o Deus todo poderoso convida você, eu, tua família e a todos a viver um novo pentecostes sem maldições como na profecia de Isaias diz:“Eu sou o Senhor teu Deus, que revolvo o mar e faço rugir as ondas; eu me chamo o Senhor dos exércitos. Na tua boca coloquei minhas palavras, com a sombra de minha mão eu te cobri, para estender os céus e fundar a terra, e dizer a Sião: Tu és meu povo.”(Isaias 51,15-16)

Hoje quero compartilha esta benção que é você, porque Jesus primeiro amou. Amou cada um de nós. A bençoa seja o nome de Deus que é Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Deus abençoe você!!!
Fundador Blog Verbo Pai Gleydson
Verbo Pai

Verbo Pai

Um comentário:

Marcia disse...

Olha se as pessoas soubessem dar e pedir a bençao veria a graca de Deus acontecer em sua vida.Tenho que dizer nao as coisas que nao vem de Deus ... dar um basta..Valeu pela mensagem ..Bjs Marcia Rdodrigues

Tecnologia do Blogger.