News Noticias
recent

A Igreja Católica é santa


A Igreja Católica é santa, porque ela nasceu pela misericórdia de Deus. Ela é de Instituição Divina. "Jesus é a Cabeça da Igreja, que é o seu corpo (Cl 1,18). A Igreja Católica é santa porque tem como fundamento o Amor de Deus; os Apóstolos como colunas que a sustentam; e o manto Sagrado de Nossa Senhora a cobre contra as ciladas do "dragão furioso" que insiste em perseguí-la (Ap 12, 13). A Bíblia é a Carta Magna que rege a missão dela e ilumina os trabalhos dela. A Igreja Católica é santa porque foi "batizada" pelo fogo do Espírito Santo em Pentecostes!

"Sobre esta Pedra edificareis a minha Igreja, e as portas do inferno nunca prevalecerão contra ela". Alguém pode perguntar: "Mas, padre, a Igreja não erra? Não peca?" Os erros cometidos, no passado ou no presente, não são da Igreja enquanto Instituição Divina, mas sim, dos homens. E justamente por ser uma Instituição Divina é santa. O erro é sempre conseqüência da ação humana. Deus permitiu que nós, seres humanos, nos tornássemos membros desta instituição. Encontramos, claramente, na Bíblia o ensinamento que diz: "Cristo é a Cabeça da Igreja e nós somos os seus membros" (1 Cor 12, 12s).

Sendo assim, a Igreja, que é santa, nos abriga e nos acolhe no seu seio de Mãe, apesar de estarmos sujeitos à fraqueza e ao pecado. Onde está o homem, está presente a possibilidade da limitação e do erro. Jesus nos escolheu para fazermos parte da Missão d'Ele, tornando-nos membros da Igreja d'Ele. Ele conhece o ser humano por dentro e por fora. Foi o Senhor quem disse: "Quem dentre vós estiver sem pecado, seja o primeiro a lhe atirar uma pedra" (Jo 8,7).

"Creio na Igreja, una, santa, católica e apostólica" (Símbolo Niceno-Contantinopolitano). Um outro ponto pertinente é o equívoco que os críticos mal intencionados ou mal informados cometem, que é a generalização. Ou seja, não é porque um membro da Igreja cometeu um erro que toda a Igreja errou. Os nossos erros não são da Igreja como um todo. Mesmo que algum equívoco tenha sido cometido em alguma época remota da história, ou na atualidade, por algumas pessoas, a Igreja não perde a santidade. Pois a santidade da Igreja está acima dos pecados humanos!

Com o coração aberto e livre de todo e qualquer preconceito ou equívoco, olhemos com sinceridade para a história e vejamos que a Igreja Católica está presente em todas as áreas possíveis e imagináveis da vida humana. Ela atua como mãe junto às crianças, jovens e idosos; auxilia as famílias; atende os moradores de rua, resgatando a dignidade deles; num trabalho gigantesco socorre os pobres e miseráveis a ter o pão nosso de cada dia e também a receberem o Pão Vivo descido do Céu, que é o próprio Jesus.

A Igreja, imitando a Jesus, socorre os enfermos do corpo e da alma. E ainda como mestra, ajuda muitas pessoas a saírem da "caverna escura" da ignorânica e descobrirem a fonte clara do saber, por meio de cursos de alfabetização, catequese e evangelização. Vençamos o medo e a timidez e sejamos católicos convictos, fervorosos e cheios de confiança no Senhor, para que mais e mais pessoas descubram e reconheçam a santidade da Igreja Católica!

Ser Católico e estar cheio do Espírito Santo e viver um pentecostes. Viver o Catolicismo é viver com o Pai, o Filho e o Espírito Santo e com Maria Santíssima e todos os Santos e Santas de Deus.
Fundador Gleydson
Verbo Pai

Verbo Pai

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.