News Noticias
recent

Última Ceia

Jesus foi ao jantar com eles na Última Ceia e, diz o Evangelho "sabendo que tinha chegado a sua hora de passar deste mundo para o Pai." Ele sabia que ele tinha sido traído, e que seria entregue por Judas naquela mesma noite. "Eu estou tendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até o fim." Deus nos ama assim: até o fim. Ele dá vida a todos nós, e se orgulha de este, e quer isso porque Ele ama: "amor até ao fim" Não é fácil, porque todos nós somos pecadores, todos nós temos limites, defeitos, tantas coisas. Nós todos sabemos que o amor, mas não somos como amar a Deus sem olhar para as conseqüências, até o fim. E como exemplo para mostrar isso, que Ele era "o chefe", que era Deus, lava os pés de seus discípulos. A de lavar os pés era um hábito que era, na época, antes de os almoços e jantares, porque não havia asfalto, e as pessoas andavam na poeira. Portanto, um dos gestos para receber uma pessoa em casa, e até mesmo para comer, foi lavar seus pés. Isso o fez os escravos, eles fizeram aqueles que foram escravizados, mas Jesus se vira e faz dele. Simon não queria fazê-lo, mas Jesus disse a ele que era assim, que Ele veio ao mundo para servir, para servir, para ser um escravo para nós, para nos dar a vida, amar até o fim.

Hoje em dia, na rua, quando eu cheguei, havia pessoas que diziam Olá: "Será que o Papa, o chefe. O chefe da Igreja ...". O chefe da Igreja é Jesus; sem brincadeira! O Papa é a figura de Jesus e eu faria o mesmo que Ele fez. Nesta cerimônia, o sacerdote lava os pés dos fiéis. Há uma inversão: o que parece ser o maior tem que fazer trabalho escravo, mas para semear amor. Para semear o amor entre nós, eu não posso te dizer hoje vai lavar os pés uns aos outros: seria uma piada. Mas o símbolo, a figura sim, vou dizer-lhe que, se você pode dar uma ajuda, faça um serviço aqui, na prisão, seu companheiro ou parceiro, fazê-lo. Porque isso é amor, isso é como lavar seus pés. E 'ser um servo dos outros. Quando os discípulos estavam lutando entre si sobre quem era o maior, o mais importante. E Jesus diz: "O que eu quero ser importante, ele deve ser o menor eo servo de todos." E é isso que ele fez, este é Deus conosco. Precisamos, é o servo. Todos nós, que são pobres, todos! Mas Ele é grande, ele é bom. E Ele nos ama como somos. Por isso, durante esta cerimônia pensamos em Deus, a Jesus Não é uma cerimônia popular é um gesto para lembrar o que deu Jesus Depois disso, ele tomou o pão e deu-nos o Seu Corpo..; Ele pegou o vinho, e nos deu o Seu sangue. E assim é o amor de Deus. Hoje, nós pensamos que só o amor de Deus.


Fonte: Vatican.va

"Deus vos abençoe!!!"
Fundador Gleydson do Blog Verbo Pai
Verbo Pai

Verbo Pai

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.