News Noticias
recent

Santa Missa na Ceia do Senhor


Os gestos falam mais alto do que imagens e palavras. Os gestos. Há, nesta Palavra de Deus que lemos, dois gestos: Jesus de servir, lavar os pés. Ele, que era a cabeça, lavando os pés dos outros, para a sua própria, para o menor. O segundo gesto: Judas, que passa os inimigos de Jesus, aqueles que não querem a paz com Jesus, para tomar o dinheiro com o qual ele, as 30 moedas traído. Dois gestos. Ainda hoje existem dois gestos: a primeira é que esta noite: todos nós, juntos, muçulmanos, hindus, católicos, coptas, os evangélicos, mas irmãos, filhos do mesmo Deus, queremos viver em paz e integrada. O outro gesto é a de três dias atrás, um gesto de guerra, da destruição de uma cidade europeia, de pessoas que não querem viver em paz. Mas por trás desse gesto, que por trás de Judas, havia outros. Atrás Judas havia quem deu o dinheiro, porque Jesus foi entregue. Por trás do gesto de há três dias na capital europeia, existem fabricantes, comerciantes de armas que querem sangue, não a paz; eles querem a guerra, e não a fraternidade.
Dois gestos iguais: uma mão lava os pés de Jesus, enquanto Judas vendeu Jesus por dinheiro; e uma parte de você, todos nós juntos, diferentes religiões, culturas diferentes, mas filhos de um mesmo Pai, irmãos, enquanto que aquelas pobres pessoas comprar armas para destruir a fraternidade. Hoje, neste momento, quando eu vou fazer o mesmo ato de Jesus lavando os pés dos doze de você, todos nós estamos fazendo o gesto de fraternidade, e todos dizemos: "Nós somos diferentes, somos diferentes, temos diferentes culturas e religiões, mas nós somos irmãos e nós queremos viver em paz ". E este é o gesto que eu faço com você. Cada um de nós tem uma história sobre ele, cada um de vocês tem uma história sobre ele: tantas cruzes, tanta dor, mas também tem um coração aberto que quer fraternidade. Cada um, na sua linguagem religiosa, orar ao Senhor para que essa irmandade contágios do mundo, porque não há 30 moedas para matar seu irmão, pois sempre existe a fraternidade e bondade. Que assim seja.

Palavras faladas no final da missa

Agora eu saudarei um por um, com todo o meu coração. Agradeço-lhe para esta reunião. E lembre-se, e vemos que é bom viver juntos como irmãos, com diferentes culturas, religiões e tradições: somos todos irmãos! E isso tem um nome: paz e amor. Obrigado.


"Deus vos abençoe!!!"
Fundador Gleydson do Blog Verbo Pai
Verbo Pai

Verbo Pai

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.