News Noticias
recent

Dia de Finados: Morte não é a última Palavra.

Queridos irmãos e irmãs, bom dia!

Ontem celebramos a Solenidade de Todos os Santos, e hoje a liturgia nos convida para comemorar os fiéis defuntos. Estas duas ocorrências estão intimamente relacionados entre si, bem como a alegria e as lágrimas estão em Jesus Cristo, uma síntese que é o fundamento da nossa fé e da nossa esperança. Por um lado, de fato, a Igreja, peregrina na história, se alegra com a intercessão dos santos e beatos que apóiam a missão de anunciar o Evangelho; por outro lado, que, como Jesus, compartilhando as lágrimas daqueles que sofrem a separação de seus entes queridos, e gosta dele e por ele ecoa as graças ao Pai que nos libertou do domínio do pecado e da morte.

Entre ontem e hoje muitos fazem uma visita ao cemitério, que, como a mesma palavra, é o "lugar de descanso", esperando o despertar final. É bom pensar que o próprio Jesus vai despertar. O próprio Jesus revelou que a morte do corpo é como um sono do qual ele nos desperta. Com esta fé nós parar - mesmo espiritualmente - nos túmulos de nossos entes queridos, aqueles que me amava e ter feito algum bem. Mas hoje somos chamados a lembrar de todos, mesmo aqueles que ninguém se lembra. Nós lembrar as vítimas da guerra e da violência; muitos mundo "pequeno" esmagados pela fome ea miséria; lembre-se o ossário comum de descanso anônimo. Lembramo-nos de nossos irmãos e irmãs mortos, porque eles são cristãos; e aqueles que sacrificaram suas vidas para servir aos outros. Confiamos ao Senhor, especialmente aqueles que deixaram ao longo do último ano.

A tradição da Igreja sempre pediu para rezar pelos mortos, em particular, oferecendo-lhes a celebração da Eucaristia: é a melhor ajuda espiritual que podemos dar para suas almas, especialmente aos mais abandonados. A fundação de orações é na comunhão do Corpo Místico. Como reitera o Concílio Vaticano II, "a Igreja peregrina sobre a terra, bem ciente desta comunhão de todo o corpo místico de Jesus Cristo, desde os primeiros dias da religião cristã, tem honrado com grande piedade a memória dos mortos" ( Lumen Gentium , 50 ).

A memória dos mortos, cuidar das sepulturas e os votos são a prova de esperança confiante, enraizada na certeza de que a morte não é a última palavra sobre o destino do ser humano, como o homem está destinado a uma vida sem limites, que tem suas raízes . e sua realização em Deus Deus virar esta oração: "Deus de infinita misericórdia, voar para tua grande bondade todos aqueles que deixaram este mundo para a eternidade, onde você espera para toda a humanidade, redimidos pelo sangue precioso de Cristo, a sua filho, que morreu em resgate por nossos pecados. Não olhe, Senhor, para as muitas formas de pobreza, miséria e as fraquezas humanas, quando estivermos diante de seu tribunal para ser julgado por um sorriso ou uma condenação. Levante tu sobre nós o seu olhar triste, que surge a partir da ternura do seu coração, e nos ajudar a trilhar o caminho de uma purificação completa. Nenhum de seus filhos é perdida no fogo eterno do inferno, onde não pode haver mais arrependimento. Confiamos ao Senhor as almas dos nossos entes queridos, as pessoas que morreram sem o conforto sacramental, ou não tiveram a oportunidade de se arrepender até o prazo de suas vidas. Não tem que ter medo de conhecê-lo, depois de sua peregrinação terrena, na esperança de ser aceito para os braços de sua infinita misericórdia. Irmã a Morte corporal vai encontrar-nos vigilantes na oração e cheio de todas as coisas boas feitas no curso de nossa vida curto ou longo. Senhor, nada vai tirar de você nesta terra, mas tudo e todos para nos apoiar no desejo ardente de descansar em paz e eternamente em você. Amém "(Padre Antonio Rungi, passionista, a oração pelos mortos ).

Com esta fé no destino final do homem, agora nos voltamos para a Virgem Maria, que sofreu sob a cruz o drama da morte de Cristo e tomou parte na alegria da sua ressurreição. Que ela, Porta do Céu , para compreender cada vez mais o valor das orações pelos mortos. Eles estão perto de nós! Ela nos apóia em nossa peregrinação diária na terra e nos ajude a não perder de vista o objetivo final da vida, que é o Paraíso. E com isso esperamos que nunca decepciona, vamos seguir em frente! 

Texto do Papa Francisco no Angelus

 "Deus vos abençoe!!!"
Fundador Gleydson do Blog Verbo Pai  

Verbo Pai

Verbo Pai

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.