News Noticias
recent

Oração de Poder

Hoje é o dia de você se decidir, você é capaz do eterno, de fazer opções definitivas, o demônio quer que façamos opções transitórias, mas o nosso Deus desejar o eterno, quer que façamos opções eternas. O Senhor está nos relevando que precisamos ser pessoas novas em Cristo, o Senhor está nos revelando para lutarmos para alcançar as vitórias nEle.

Os valores estão sendo deixados de lado, dizem que pode tudo, mas a minha geração é uma geração de vitoriosos e não de derrotados. Se hoje você toma uma decisão radical pelo Senhor, fará parte dessa geração nova, salva, santa, preparada para vinda do Senhor. Se você decidir, fará parte de uma geração vitoriosa, basta você decidir.

Precisamos deixar Deus comandar nossa vida. Mas nós somos iguais as crianças birrentas, querendo que Deus faça as coisas na hora que queremos, mas Deus tem a sua hora, a hora certa para que Ele nos atenda. Precisamos saber esperar, pois se não soubermos esperar, nem na hora prevista iremos alcançar a graça, porque não soubemos esperar o tempo de Deus. Espere o tempo de Deus, não se desespere.

Mas nunca pare de Clamar ao Senhor. Peça para Jesus guardar o seu coração. O nosso coração tem um trono, mas muitas vezes quando Jesus entra no nosso coração o trono já está ocupado, pois vivemos muitas vezes da ambição, de impurezas. O diabo quer que você perca o respeito por Jesus Eucarístico. Não comungue Jesus em pecado. 

Diante de Jesus Eucarístico, tenha a postura de João, de reclinar nos ombros de Jesus. Que a Eucaristia seja o seu lugar de repouso. Quantas curas através da Eucaristia, como a cura do câncer e de outras doenças.

A Sagrada Escritura no livro Atos dos Apóstolos 16, 16-31 nos orienta a orar com poder. “Certo dia, quando íamos à oração, eis que nos veio ao encontro uma moça escrava que tinha o espírito de Pitão, a qual com as suas adivinhações dava muito lucro a seus senhores. Pondo-se a seguir a Paulo e a nós, gritava: Estes homens são servos do Deus Altíssimo, que vos anunciam o caminho da salvação. Repetiu isto por muitos dias. Por fim, Paulo enfadou-se. Voltou-se para ela e disse ao espírito: Ordeno-te em nome de Jesus Cristo que saias dela. E na mesma hora ele saiu. Vendo seus amos que se lhes esvaecera a esperança do lucro, pegaram Paulo e Silas e levaram-nos ao foro, à presença das autoridades. Em seguida, apresentaram-nos aos magistrados, acusando: Estes homens são judeus; amotinam a nossa cidade. E pregam um modo de vida que nós, romanos, não podemos admitir nem seguir. O povo insurgiu-se contra eles. Os magistrados mandaram arrancar-lhes as vestes para açoitá-los com varas. Depois de lhes terem feito muitas chagas, meteram-nos na prisão, mandando ao carcereiro que os guardasse com segurança. Este, conforme a ordem recebida, meteu-os na prisão inferior e prendeu-lhes os pés ao cepo. Pela meia-noite, Paulo e Silas rezavam e cantavam um hino a Deus, e os prisioneiros os escutavam. Subitamente, sentiu-se um terremoto tão grande que se abalaram até os fundamentos do cárcere. Abriram-se logo todas as portas e soltaram-se as algemas de todos. Acordou o carcereiro e, vendo abertas as portas do cárcere, supôs que os presos haviam fugido. Tirou da espada e queria matar-se. Mas Paulo bradou em alta voz: Não te faças nenhum mal, pois estamos todos aqui. Então o carcereiro pediu luz, entrou e lançou-se trêmulo aos pés de Paulo e Silas. Depois os conduziu para fora e perguntou-lhes: Senhores, que devo fazer para me salvar? Disseram-lhe: Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua família.”

"Deus vos abençoe!!!"
Fundador Gleydson do Blog Verbo Pai
Verbo Pai

Verbo Pai

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.