News Noticias
recent

Montanhas, lugar de encontro com Deus

“Eu deixei meu coração nas montanhas com a esperança de reencontrá-lo nesse verão, escalando o Monte Branco. Cada dia me enamoro mais e mais pelas montanhas… E se meus estudos me permitissem, eu passaria dias inteiros sobre os montes para contemplar naquele ar puro, a Grandeza do Senhor.”

Nunca fui fã de escalada, até pelo medo que tenho de alturas, quase uma fobia, mas desde que conheci a história do Beato Pier Giorgio Frassati comecei a ficar um tanto quanto intrigada no quanto as escaladas eram importantes para a espiritualidade dele. Então, comecei a lembrar quantas vezes Jesus também foi mesmo em seu “hobbie” Pier procurava seguir o Evangelho e imitar a Cristo.

.: Esperar com confiança 

Os montes são lugares de oração. Jesus subia os montes para ouvir melhor a voz do Pai. Pier escalava pelo mesmo motivo, lá fugia do barulho excessivo para que a voz de Deus fosse ouvida mais claramente. Como ele mesmo disse: “Quanto mais alto formos, melhor nós ouviremos a voz de Cristo”.

Curiosa como sou, fui perguntar a um amigo algumas coisas sobre escalada. Então, ele elencou algumas regras como: conhecer o local onde será a escalada, o cuidado com os materiais de segurança, enfim como se preparar e tambémcomo manter o equilíbrio…

A vida de Pier não foi tão diferente de suas escaladas. Os “materiais de segurança” de um verdadeiro cristão estavam sempre presentes na vida dele. Sempre se dedicou a caridade e foi disponível aos pobres, (“Ajudar os necessitados, disse a sua irmã Luciana, é ajudar a Jesus”). E segundo São Paulo, “Por ora subsistem a fé, a esperança e a caridade – as três. Porém, a maior delas é a caridade.” (I Cor 13,13).

Sempre buscou possuir uma vida voltada para a oração constante. Fez parte de um grupo de “Adoradores Noturnos”. Meditava sempre o hino à caridade de São Paulo (I Cor 13) e das palavras de Santa Catarina, como por exemplo: “Devemos suportar tudo, porque o sofrimento é pequeno e a recompensa é grande”.

Uma pessoa sempre alegre, feliz, cativante, que gostava de se divertir. Em nada deixou de ser jovem, mas também em nada deixou de buscar a santidade. Sua vida foi uma constante preparação para a “Escalada” que realmente importa. Lógico que com dificuldades, mas sempre buscando o equilíbrio.
O caminho que Pier percorreu representa para nós uma trilha “Verso l’alto”, e seu testemunho um convite: “Segue-me!”. Seguir alguém que em tudo buscou seguir Jesus, nada mais é do que seguir Jesus.

Como diria um amigo meu: “o primeiro passo é meu”. Então, a questão que trago comigo é se tenho dado o meu primeiro passo, se tenho me preparado e se tenho realmente caminhado “Verso l’alto”? E você, tem se preparado? Tem caminhado “Verso l’alto”?

Fonte: pantokrator.org.br

"Deus vos abençoe!!!"
Fundador Gleydson do Blog Verbo Pai
Verbo Pai

Verbo Pai

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.