News Noticias
recent

Maria, a primeira Carismática




Maria é a primeira Carismática da História da Igreja. É a primeira Batizada no Espírito. Creio que se pode afirmar que a Anunciação é o primeiro batismo no Espírito que se deu na História da Salvação.

O relato da Anunciação que temos escutado na proclamação do Evangelho, culmina coma primeira Efusão do Espírito Santo: “E o Espírito Santo te cobrirá com sua sombra...” A anunciação é um PrótoPentecostes, onde a Virgem Maria está cheia de graça por obra do Espírito Santo para Encarnar em seu ventre o Filho de Deus: Jesus Cristo, o Senhor. Maria, por estar cheia do Espírito Santo, estava capacitada para reunir, animar e preparar os Apóstolos para o Pentecostes. Pentecostes necessitava de Maria que convocava: Maria estava no meio dos Apóstolos, escutamos no Evangelho.

Pentecostes no qual, os Apóstolos receberam os dons e os carismas do Espírito para realizar sua missão evangelizadora por todo o mundo, foi possível graças a Maria. Estou convencido de que é da mão de Maria como a Igreja e de modo especial a RCC, pode aprender a preparar esse Novo Pentecostes de que necessita a Igreja da América Latina como os Apóstolos no primeiro Pentecoste.

Maria, na Anunciação, em seu Pentecostes pessoal e individual, preparou-se para ser a catedrática, a mestra dos Apóstolos. Maria conduziu pela mão os Apóstolos ao grande dia de Pentecostes. Quando a primeira comunidade cristã estava desanimada, sem esperança, voltando cada um dos Apóstolos aos seus ofícios anteriores.

Maria quer tomar pela mão a Renovação Carismática, para que a acompanhemos em seu caminho pessoal de docilidade ao Espírito. E nos tornemos em instrumentos divinos para o Novo Pentecostes da Igreja. Ela nos diz: “Abram as portas de seus corações ao Espírito Santo, para que Ele os transforme em Cristo!”. Para que assim logo possamos levar, e acompanhar as nossas Igrejas cansadas e desanimadas, por um mundo secularizado que diz haver matado a Deus, levar ao Cenáculo.

A primeira atitude de Maria, que quero que meditemos juntos, é sua atitude contemplativa: Maria conservava, guardava todas essas coisas em seu coração. O clima em que vivia a Virgem, era de meditação da Palavra de Deus, alegrar-se comas grandes obras que o Senhor ia realizando na história do seu povo e em sua história pessoal.

Podemos afirmar que a Virgem Maria, vivia mergulhada no Mistério do amor divino, que descobria em cada segundo de sua vida, em cada acontecimento de sua existência. Ela nos ensina que a vida contemplativa é a alegria de quem vive mergulhado no amor misericordioso de Deus. Em Maria as espadas que atravessam seu coração são também contempladas como amor de Deus, que a ajudam a identificar-se com Jesus crucificado.

Oremos:

Vinde Espírito Santo,

Enchei os corações dos Vossos fiéis

E acendei neles o fogo do Vosso amor

Enviai o Vosso Espírito e tudo será criado

E renovareis a face da terra

Oremos: ó Deus que Instruistes os corações dos Vossos fiéis

Com a luz do Espírito Santo,

Fazei que apreciemos retamente todas as coisas

Segundo o mesmo Espírito e gozemos sempre de suas consolações

Por Cristo Senhor nosso, Amém.


"Deus vos abençoe!!!"
Fundador Gleydson do Blog Verbo Pai
Verbo Pai

Verbo Pai

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.