News Noticias
recent

Rosário, Oração Contemplativa



Hoje poderíamos dizer que estamos rezando o rosário, mas seria uma falta de conhecimento como Católico Cristão, ou melhor, descaso da minha fé. Quando entro no meu quarto para ora, pego o meu terço e começo a contemplar os Santos Mistérios de Cristo. Talvez você ainda não tinha visto por esta dimensão. A Carta Apostólica de João Paulo II Rosarium Virginis Mariae me deu uma visão nova do que e ser mariano. Ela nos aprofunda assim:

"O Rosário, precisamente a partir da experiência de Maria, é uma oração marcadamente contemplativa. Privado desta dimensão perderia sentido, como sublinhava Paulo VI: « Sem contemplação, o Rosário é um corpo sem alma e a sua recitação corre o perigo de tornar-se uma repetição mecânica de fórmulas e de vir a achar-se em contradição com a advertência de Jesus: "Na oração não sejais palavrosos como os gentios, que imaginam que hão-de ser ouvidos graças à sua verbosidade" (Mt 6, 7). Por sua natureza, a recitação do Rosário requer um ritmo tranqüilo e uma certa demora a pensar, que favoreçam, naquele que ora, a meditação dos mistérios da vida do Senhor, vistos através do Coração d'Aquela que mais de perto esteve em contato com o mesmo Senhor, e que abram o acesso às suas insondáveis riquezas »."

"Precisamos de deter-nos neste profundo pensamento de Paulo VI, para dele extrair algumas dimensões do Rosário que definem melhor o seu caráter próprio de contemplação cristológica."

O contemplar de Maria era com ardor ao Filho. Quando falo de ardor eu exponho o grande amor que Ela tinha pelo filho em todas as fazes da vida até chegar na morte e na ressurreição. Ela e mulher do gêneses ao apocalipse e com Maria que temos que pedir o verdadeiro contemplar em Jesus.

Maria é a única mulher que realmente pisa a cabeça da serpente como diz o livro de Apocalipse (12,1)"Apareceu em seguida um grande sinal no céu: uma Mulher revestida do sol, a lua debaixo dos seus pés e na cabeça uma coroa de doze estrelas."

"É, também, válida para a imitação de Cristo a norma geral: «Per Mariam ad Jesum». Não se perturbe, porém, a nossa fé, como se a intervenção de uma criatura em tudo semelhante a nós, menos no pecado, ofendesse a nossa dignidade pessoal e impedisse a nossa intimidade e a nossa relação imediata de adoração e de amizade com o Filho de Deus." ( exortação apostólica signum magnum papa paulo VI )

"Ela, na verdade, entre as criaturas humanas oferece o exemplo mais brilhante e, ao mesmo tempo, mais perto de nós daquela perfeita obediência com a qual nos conformamos amorosa e prontamente aos desejos do Pai eterno; e o próprio Cristo, como bem sabemos, foi nesta plena adesão à vontade do Pai que disse estar o ideal supremo da sua conduta humana, ao declarar: «Eu faço sempre o que é do seu agrado» (Jo 8,29)."( exortação apostólica signum magnum papa paulo VI)

Olha só como rosário nos leva medita profundamente os mistérios de Deus para com toda a humanidade. Como realmente Maria tem feito parte deste grande amor que Deus nos revela na contemplação do Santo Rosário. É ou não é uma grande graça poder contempla os mistérios de Deus no Santo Rosário? Que a humilde Virgem de Nazaré na auréola das suas prerrogativas e das suas virtudes, nos leve a Deus.


Bendito que vem em nome do Senhor!!!
Fundador Gleydson do Blog Verbo Pai
Verbo Pai

Verbo Pai

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.